ifrs - Copia
ESPECIFICAÇÕES

  • Editora: Foco Editorial
  • ISBN: 978-85-99182-23-9
  • Edição: 1
  • Ano: 2016
  • Páginas: 599
  • Preço: R$ 145,00

SINOPSE
Esta obra versa sobre os mais importantes temas relativos à Contabilidade, contemplando os aspectos contábeis (societários) e também os tributários, dentro do previsto pela Lei nº 12.973/2014.
Importante destacar que, com o fim do RTT – Regime Tributário de Transição e o Advento da ECD – Escrituração Contábil Digital e da ECF – Escrituração Contábil Fiscal, diversos procedimentos devem ser considerados ao registrar e apresentar os fatos contábeis, com destaque especial às subcontas e às contas auxiliares exigidas pela legislação tributária. Neste sentido, esta obra busca contribuir para tornar este processo mais claro e transparente.
Os temas são apresentados conforme previsto nas Normas Brasileiras de Contabilidade emitidas pelo CFC – Conselho Federal de Contabilidade, já convergidas aos padrões internacionais (as IFRS). Ao final de cada tema são apresentadas as principais exigências relativas à questão tributária de competência federal.
SUMÁRIO
Prefácio
Introdução
1. Prefácio
2. Introdução
2.1 Aspectos históricos e conceituais
2.2 Políticas contábeis
2.3 Características qualitativas da informação contábil-financeira útil
2.4 Restrição de custo
2.5 Aspectos tributários
3. Redução ao valor recuperável de ativos – Impairment
3.1 Aspectos conceituais
3.2 Objetivo da redução ao valor recuperável
3.3 Análise de recuperabilidade
3.4 Valor recuperável
3.5 Como determinar o valor justo
3.6 Taxa de desconto
3.7 Perda por desvalorização
3.8 Como alocar um ativo a uma unidade geradora de caixa
3.9 Reversão de perda por desvalorização
3.10 Considerações gerais
3.11 Divulgação em notas explicativas
3.12 Resumo prático para aplicação da redução ao valor recuperável – Impairment
3.13 Aspectos tributários
4. Demonstrações contábeis
4. Conjunto completo de demonstrações contábeis
4.1 Balanço patrimonial
4.2 Demonstração do resultado
4.3 Demonstração do resultado abrangente
4.4 Demonstração das mutações do patrimônio líquido
4.5 Demonstração dos fluxos de caixa – DFC
4.6 Demonstração do valor adicionado – DVA
4.7 Notas explicativas
4.8 Aspectos tributários
5. Estoques
5.1 Conceitos
5.2 Mensuração
5.3 Critérios de valoração de estoques
5.4 Não compõem os custos dos estoques
5.5 Valor realizável líquido
5.6 Estoques qualificáveis ou elegíveis
5.7 Divulgação
5.8 Aspectos tributários
6. Propriedade para investimento
6.1 Reconhecimento
6.2 Mensuração no reconhecimento
6.3 Mensuração após reconhecimento
6.4 Transferência
6.5 Alienação
6.6 Propriedade para investimento qualificável ou elegível
6.7 Divulgação
6.8 Aspectos tributários
7. Imobilizado
7.1 Aspectos conceituais
7.2 Reconhecimento
7.3 Custo de ativo imobilizado
7.4 Depreciação
7.5 Redução ao valor recuperável de ativos
7.6 Baixa
7.7 Imobilizado qualificável ou elegível
7.8 Notas explicativas
7.9 Aspectos tributários
8. Intangível
8.1 Aspectos conceituais
8.2 Ativo intangível
8.3 Reconhecimento e mensuração
8.4 Ágio derivado da expectativa de rentabilidade futura (goodwill) gerado internamente
8.5 Vida útil
8.6 Ativo intangível com vida útil definida
8.7 Ativo intangível com vida útil indefinida
8.8 Baixa e alienação
8.9 Disposições gerais
8.10 Ativo Intangível qualificável ou elegível
8.11 Notas explicativas
8.12 Aspectos tributários
9. Ativo não circulante mantido para venda e operação descontinuada
9.1 Classificação de ativo não circulante como mantido para venda
9.2 Mensuração
9.3 Reconhecimento de perda por redução ao valor recuperável e reversão
9.4 Alteração em plano de venda
9.5 Apresentação de operação descontinuada
9.6 Divulgações
9.7 Aspectos tributários
10. Provisões, passivos contingentes e ativos contingentes
10.1 Aspectos conceituais
10.2 Provisão e outros passivos
10.3 Relação entre provisão e passivo contingente
10.4 Reconhecimento de provisão
10.5 Reconhecimento de passivo contingente
10.6 Reconhecimento de ativo contingente
10.7 Mensuração
10.8 Reembolso
10.9 Mudança na provisão
10.10 Uso da provisão
10.11 Perda operacional futura
10.12 Contrato oneroso
10.13 Reestruturação
10.14 Divulgação
10.15 Aspectos tributários
11. Arrendamento mercantil
11.1 Introdução
11.2 Essência da operação
11.3 Contabilização no arrendatário
11.4 Arrendamento mercantil financeiro – Arrendatário
11.5 Arrendamento mercantil operacional – Arrendatário
11.6 Arrendamento mercantil financeiro – Arrendador
11.7 Arrendamento mercantil operacional – Arrendador
11.8 Transação de venda e leaseback
11.9 Aspectos tributários
12. Ajuste e valor presente
12.1 Introdução
12.2 Risco e incerteza: Taxa de desconto
12.3 Relevância e confiabilidade
12.4 Custos x benefícios
12.5 Diretrizes mais específicas
12.6 Passivos não contratuais
12.7 Efeitos fiscais
12.8 Classificação
12.9 Divulgação
12.10 Aspectos tributários
13. Contratos de construção
13.1 Definições
13.2 Combinação e segmentação de contratos de construção
13.3 Receita de contrato
13.4 Custos do contrato
13.5 Reconhecimento das receitas e das despesas de contrato
13.6 Reconhecimento de perda esperada
13.7 Alteração nas estimativas
13.8 Divulgação
13.9 Aspectos tributários
14. Receitas
14.1 Introdução
14.2 Mensuração da receita
14.3 Venda de bens
14.4 Prestação de serviços
14.5 Juros, royalties e dividendos
14.6 Vendas de bens
14.7. Prestação de serviços
14.8 Divulgação
14.9 Aspectos tributários
15. Ativo biológico e produto agrícola
15.1 Definições
15.2 Reconhecimento e mensuração
15.3 Ganhos e perdas
15.4 Incapacidade para mensurar de forma confiável o valor justo
15.5 Subvenção governamental
15.6 Divulgação
15.7 Aspectos tributários
16 Subvenções e assistências governamentais
16.1 Subvenção governamental relacionada a ativo tangível
16.2 Apresentação da subvenção no balanço patrimonial
16.3 Reconhecimento da receita de subvenção
16.4 Perda da subvenção governamental
16.5 Situações especiais de assistência governamental
16.6 Notas explicativas
16.7 Aspectos tributários
17. Instrumentos financeiros: reconhecimento e mensuração
17.1 Conceito e definições
17.2 Categorias de instrumentos financeiros
17.3 Reconhecimento inicial
17.4 Des-reconhecimento de ativo financeiro
17.5 Mensuração inicial de ativos e de passivos financeiros
17.6 Mensuração posterior de ativos financeiros
17.7 Mensuração posterior de passivos financeiros
17.8 Reclassificação
17.9 Ganhos e perdas
17.10 Perda no valor recuperável e perda por não recebimento de ativos financeiros
17.11 Ativos financeiros contabilizados pelo custo amortizado
17.12 Ativos financeiros contabilizados pelo custo
17.13 Ativos financeiros disponíveis para venda
17.14 Hedge
18. Instrumentos Financeiros: Apresentação
18.1 Definições
18.2 Apresentação
19. Instrumentos financeiros: evidenciação
19.1 Balanço patrimonial
19.2 Demonstrações do resultado e di resultado abrangente
19.3 Outras divulgações
19.4 Natureza e extensão dos riscos decorrentes de instrumentos financeiros
19.5 Risco de mercado
19.6 Transferência de ativos financeiros
19.7 Ativos financeiros transferidos que não são dês-reconhecidos em sua totalidade
19.8 Ativos financeiros transferidos dês-reconhecidos em sua totalidade
19.9 Informações suplementares
20. Aspectos tributários de instrumentos financeiros
20.1 Operações realizadas para fins de hedge
20.2 Custos de empréstimos
20.3 Receitas e despesas financeiras
20.4 Variações monetárias
21. Combinações de negócios

21.1 Definições e conceitos
21.2 Método de aquisição
21.3 Reconhecimento e mensuração de ativo identificável adquirido, de passivo assumido e de participação de não controlador da adquirida
21.4 Reconhecimento e mensuração do ágio por expectativa de rentabilidade futura (goodwill) ou do ganho proveniente de compra vantajosa
21.5 Compra vantajosa
21.6 Contraprestação transferida em troca do controle da adquirida
21.7 Orientações adicionais para aplicação do método de aquisição a tipos específicos de combinação de negócios
21.8 Determinação do que é parte da operação da combinação de negócios
21.9 Custos relacionados à aquisição
21.10 Mensuração e contabilização subseqüentes
21.11 Divulgação
21.12 Aspectos tributários
22. Tributos sobre o lucro
22.1 Conceitos e definições
22.2 Contabilização
22.3 Base fiscal
22.4 Reconhecimento de passivos e ativos fiscais correntes
22.5 Mensuração
22.6 Reconhecimento de tributo diferido e corrente
22.7 Apresentação
22.8 Divulgação
22.9 Aspectos tributários
23. Pagamentos baseado em ações
23.1 Reconhecimento
23.2 Transação com pagamentos baseados em ações liquidas com instrumentos patrimoniais
23.3 Divulgação
23.4 Aspectos tributários
Considerações finais
Referências